INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

6 de junho de 2016

Falando sobre: O Quarto Dia

||
Autora: Sarah Lotz
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
352 Páginas

Sinopse: Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que tinha tudo para ser perfeita. Mas às vezes o novo ano reserva surpresas desagradáveis... Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro. As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis. Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.

Oi gente! O livro de hoje é de uma parceria com a Editora Arqueiro! :)

A história se passa no Bela Sonhador, um cruzeiro da empresa Foveros, que tem uma reputação relativamente baixa. Acompanhamos várias pessoas diferentes, de classes sociais que estão no navio e que de algum modo terão relevância na história. 

A primeira delas é a Maddie, uma assistente da famosa médium que irá fazer fazer shows durante a viagem, Celine Del Ray. Althea que é uma camareira que se esforça em seu trabalho, mas gananciosa. Devi que é um segurança que tem uma passado que tenta esconder mas sempre procura a justiça dentro do cruzeiro, com os acontecimentos que seus superiores tentam acobertar. Xavier que é um blogueiro que detesta e critica os trabalho de médium da Celine Del Ray. Helen e Elise que são duas senhoras idosas que estão no navio para cometerem suicídio juntas. Jesse que é o único médico do local que também tem um passado obscuro, que tem que aguentar a pressão de todos os pacientes com pouca ajuda. E por último temos Gary, um homem casado, mas que na verdade só vai a cruzeiros para estuprar mulheres desconhecidas que fazem parte de seu "padrão".

Muitos detalhes para lembrar né? Imagine para explicar hahah. A narrativa é em 3ª pessoa narrador onisciente e é dividida em dias, sendo iniciada no quarto e encerrada no oitavo. 

Cada um dos personagens acima têm capítulos separados, cujos conseguimos saber o que está acontecendo com cada área e problema diferentes do navio. Gary, logo no início, droga uma jovem para tentar violentá-la, mas ela falece no quarto antes do ato. Ele mantém quase todo o resto da narrativa paranoico e escondido; Althea que encontra o corpo da jovem assassinada quando um vulto de uma criança apareceu correndo naquela direção.e Devi, tenta investigar o caso para mostrar aos seus superiores que foi um assassinato.

Enquanto isso, Elise e Helen planejam o suicídio; Maddie trabalha para a médium vigarista; Althea atura passageiros; Jesse começa a receber pacientes infectados com norovírus e Xavier atrapalha um show da médium Celine e escreve as novidades em seu blog. Quando os motores do cruzeiro param de funcionar e parte de energia elétrica é prejudicada, começa o caos no local. Além disso, há a perda de qualquer conexão com o resto do mundo e não há a previsão de retomo normal das atividades do navio.
"Até agora temos: uma passageira morta, voos perdidos, sinalizadores, um fedor tão ruim que dá vontade de chorar. E será que eu mencionei que o sistema de propulsão que controla os sanitários pifou e remos que fazer 'o números dois' em sacos?" personagem Xavier, página 149
A partir deste momento que inúmeros tripulantes e passageiros começam a se desesperar e ver certas assombrações no cruzeiro. 
"Um passageiro psicótico, uma mulher morta, um norovírus e um engenheiro quase catatônico. Quanta merda a mais podemos colocar na pilha?" personagem Jesse, página 131
O maior problema deste livro foi a falta do desfecho, que acabou seguindo para algo mais espiritual que para mim não fez sentido. Eu obviamente sabia que iria para algo sobrenatural, mas fiquei na expectativa de terror e suspense. Outro problema é que são muitos personagens, muitas situações que acontecem que não têm muita relação, que muitas vezes não são necessárias na narrativa, porque muitas não são importantes. O ponto forte são os personagens, as interações entre eles em capítulos diferentes e reação diferente de cada um a acontecimentos grandes no local.




É um livro que eu tinha expectativa do que seria e o final me decepcionou. A partir da metade a leitura estava ficando arrastada e por isso demorei para terminar. Ao meu ver, o final não pareceu se encaixar com o inicio e o meio da narrativa.

Espero que vocês tenham gostado da resenha e que não tenha ficado confusa! (lol) Comentem o que vocês acharam do livro! ;)

E lembrem-se: foca na leitura!
Facebook
Blogger

Nenhum comentário