INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

14 de julho de 2017

Os livros da Lu para a #MLI2017. Por que ela ainda tenta?

||
Arte: Fotor e Luiza Lamas | Fotos: Luiza Lamas 

O meu primeiro pensamento quando decidi participar da Maratona Literária de Inverno deste ano foi "Por que eu ainda tento?". Todos os anos desde que o Victor, do Geek Freak, a criou, eu nunca cumpri todos os desafios sugeridos. Massss, como a gente é persistente (ou trouxa), esse ano vou tentar de novo.

Desta vez, a Maratona, que acontecerá do dia 16 a 30 de julho, será dividida em três níveis: principiante, intermediário e hardcore e há três desafios para cada uma delas. Vejam:


Nível principiante: 

- Ler um livro com capa azul; 
- Ler um livro com menos de 200 páginas; 
- Ler um livro que você comprou pela capa. 

Nível intermediário: 

- Ler um livro escrito por uma mulher; 
- Ler um livro sem saber a sinopse ou do que se trata; 
- Ler um livro nacional. 

*Quem participar deste nível, terá que cumprir os desafios de principiante + intermediário. 

Nível hardcore: 

- Ler um livro que se passe durante um período histórico importante; 
- Ler um livro com pontuação no título; 
- Ler um livro que é muito criticado ou que alguém não gostou. 

*Quem participar deste nível, terá que cumprir os desafios de principiante + intermediário + hardcore.

Eu separei livros para participar do nível hardcore, porque eu sou louca, mas já aviso que muito provavelmente não conseguirei cumprir tudo, porque um dos livros é enorme. Acompanhem:

Foto: Luiza Lamas
Estes livros cumprem os desafios 1 e 2, respectivamente, do nível principiante. O Menino da Lista de Schindler eu ganhei de aniversário da Joy e Como eu realmente 2 eu comprei na Bienal de 2016 e está autografado. Como eu não tenho costume de comprar livros pela capa, vou pular o desafio número 3.


Foto: Luiza Lamas
Estes livros, da direita para a esquerda, cumprem todos os desafios do nível intermediário. O Conde Enfeitiçado eu consegui por conta de uma troca no Skoob; A Canção do Sangue eu ganhei no Leya na Estrada de 2016 e não faço a mínima ideia do que se trata (ele também é o livro enorme que eu havia comentado, hahaha). Já Dom Casmurro eu quero ler porque me sinto muito perdida por ser um clássico e eu não ter minha opinião sobre ele ainda. Shame. 

Eu poderia ter usado o Como Eu Realmente 2 na categoria de "um livro escrito por uma mulher"? Poderia sim, mas Julia Quinn é diva e eu quero rever Os Bridgertons logo ❤. 


Foto: Luiza Lamas
E por último, estes dois livros cumprem todos os desafios do nível hardcore. Brasil: Nunca Mais é um relato sobre a Ditadura Militar no Brasil (1964-1985), um período histórico importante (mas não bom) e também tem pontuação na capa. Já Hamlet, pelo que eu li no Skoob, é muito criticado. Pessoalmente, me interessei por ele depois de ter lido A Lista Negra. Eu fiquei com vontade de entender um pouco mais a mente do personagem Nick e esse era o livro preferido dele.

O total de páginas que me propus a ler foi 2070, o que resulta em mais ou menos 148 páginas por dia. Será que vai dar? Hahahaha, me deem forças!

E vocês, vão participar da Maratona? Qual nível escolheram? O que vão ler? 

 Um beijo e foca na leitura!
Facebook
Blogger

Nenhum comentário