INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

27 de dezembro de 2016

Falando sobre: Depois Daquela Montanha

||
Autor: Charles Martin
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
304 Páginas

Sinopse: O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas. Publicado em mais de dez países, Depois Daquela Montanha chegará às telas de cinema em 2017, com Kate Winslet (de Titanic) e Idris Elba (de Mandela) escalados para os papéis principais de uma história que vai reafirmar sua crença na vida e no poder do amor.

Oi gente! A resenha de hoje é de uma leitura com uma tema que não é meu feitio mas que me cativou mesmo assim! Demorei para escrever a resenha, por culpa minha mesmo, desculpa!

O narrador protagonista desta história é o Dr. Ben Payne, um médico bem sucedido e que está no aeroporto, à espera de um voo para voltar para casa após um longa conferência de medicina. Contudo, a possibilidade de uma forte nevasca cancela todos os voos. Enquanto espera conhece Ashley, uma mulher jovem e muito animada, que vai se casar em dois dias e está preocupada em não chegar à tempo dos ensaios e preparativos para o casamento. 

Quando Ben está quase desistindo de conseguir um voo, encontra em uma parte mais distante do aeroporto um piloto independente, de mais de setenta anos chamado Grover, que voa sempre com a companhia de seu cachorro e que pode fazer a viagem particular, com dois passageiros, até a cidade mais próxima em algumas horas. 

Ben teve uma conversa breve com Ashley, mas mesmo assim sentiu a vontade de ajudá-la pois ambos iam para o mesmo destino. Assim, ele a convida e ela aceita por não ter outra escolha.

O piloto Grover tem inúmeros anos de experiência e como seu avião não é de grande porte, não segue rotas oficiais. Durante a viagem, Grover tem um ataque cardíaco mas mesmo assim, consegue pousar o avião de forma que os passageiros continuem vivos. Ele falece após o acidente e Ben e Ashley estão em um lugar deserto, extremamente frio, à mais de 3500 metros de altitude, em uma floresta coberta de neve e sozinhos. Sem nenhuma previsão de serem resgatados, pois não comunicaram ninguém sobre a viagem alternativa.

O Ben semrpe teve o costume da fazer corridas e alpinismo em lugares extremos e de altitudes elevadas, assim ele tem conhecimentos básicos de sobrevivência e tem alguns itens importantes para isso em sua bagagem.

Após o acidente, Ashley teve um ferimento grave na perna que a impede de andar, então ela depende totalmente do Ben e ele se esforça ao máximo para salvar a vida do cachorro que também sobreviveu à queda.

A história é narrada totalmente pela visão do Ben e ele tem o costume, junto com sua esposa, Rachel, de andar com um gravador e gravar o está pensando, já que vive em plantões e não tem muito tempo para ficar em casa. Ele a esposa criaram essa ideia para sempre trocarem as gravações e não perderem o contato mesmo estando longe um do outro.

Os capítulos são divididos entre o que está acontecendo com Ashley e Ben e o que ele sente vontade falar para a esposa no gravador. As partes em que ele usa o gravador são mais sobre as questões do passado do relacionamento deles, sobre o que deu certo e errado nas vidas deles.
"Às vezes me pergunto como foi que você se apaixonou por mim. Você acredita em coisas que não pode ver e fala uma língua que só os corações conhecem."
A Ashley é muito otimista e consegue ter um bom humor mesmo nos momentos mais difíceis, e isso faz com que o Ben tenha mais vontade ainda de salvá-la desse lugar quase impossível de sobreviver. O sarcasmo e a ironia dela são pontos altos de vários capítulos.
"Quando o pior é uma possibilidade, é bom mantê-lo em perspectiva. Sem que a gente se esconda dele. Sem fugir. Ele pode acontecer. E, se e quando acontecer, é melhor ter pensado nele de antemão. Desse jeito, a pessoa não é esmigalhada quando o pior se torna realidade."
Nas primeiras cem páginas do livro eu não estava muito animada com a narrativa, mas em um momento em que o Ben começou a falar mais sobre seu passado, que percebi o que estava realmente acontecendo realmente com a vida dele e o porquê dele ser tão misterioso com a Ashley sobre isso.

Prefiro não dar spoilers porque não quero que vocês percam a graça da leitura hahah É um romance certamente diferente, com personagens adultos, cheios de questões do passadas.

A ideia da história é você acompanhar a trajetória de inúmeros dias, que os personagens têm que lutar para sobreviver e acabam descobrindo sobre a vida um do outro.

Ah, já foi confirmada a adaptação cinematográfica do filme com os atores Idris Elba e Kate Winslet! 


Recomendo a leitura para os fãs de Nicholas Sparks e Jojo Moyes, imagino que vocês irão gostar!

Espero que vocês tenham gostado da resenha, comentem o que acharam!

E lembrem-se: foca na leitura!
Facebook
Blogger

2 comentários

  1. Oii!

    Estou com esse livro em e-book para leitura há algum tempo e não consegui ler. Não sei o porquê, talvez eu fique com receio de que somente a capa seja interessante e o livro me decepcione. Pelo que eu li na tua resenha, tu gostou da história, não no início, mas depois. Amo as leituras de Nicholas Sparks, por isso eu ainda vou dar uma chance para essa obra, mas só em 2017!

    beijos

    http://mecontanoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliete!

      Acho que o livro não vai te decepcionar se você é uma leitora de Nicholas Sparks. :)
      Eu que não sou uma leitora de romance, gostei da premissa da história!
      Recomnedo que você dê uma chance! hahah

      Beijos!

      Excluir