INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

12 de maio de 2015

Falando sobre: Por Ela

||

Autora: Isabela Aleixo                                                                                                          Editora: Grupo Editorial Scortecci                                                                                    104 Páginas                                                                                                                                                                 Sinopse: Até onde você iria em nome do amor? Quando o pêndulo da vida se agita velozmente entre a razão e a emoção, cada pétala da mais rubra rosa se perde entre o branco caminho impreenchido da vida, pintando de vermelho toda uma história. Sem ao menos se dar conta o botão da pura vermelhidão já não existe, as pétalas já se esgotaram, o seu tempo foi-se junto a ela e a hora de decidir é agora. A barreira que separa o verdadeiro amor do egoísmo é o pior dos caminhos de martírio; entre uma escolha difícil e a falta de fé, resta apenas uma opção: crer.


Oi gente! A resenha de hoje é de nossa parceira com a autora Isadora Aleixo. Recomendo que vocês leiam o post de parceria antes de ler a resenha :)

Felipe e Luciana são um casal de noivos que estão prestes a se casar e o amor está em seu melhor momento. Eles estão em uma viagem que inicialmente, ela não entende o porquê, mas logo tem a surpresa de uma nova casa no litoral, em uma praia quase deserta. Tudo estava ocorrendo normalmente, mas no segundo dia Lucy tem um mal estar, Felipe se preocupa e procura um médico. Após sua chegada, o doutor confirma a gravidez, e Lucy recebe a notícia com estranha apreensão.

"Amar é sinônimo de desejar, e o que eu e Felipe desejávamos era formar uma família."
Decidida, Lucy convida a amiga Liza para ajudá-la a acalmar sua dúvidas. E repentinamente define que a data do casamento deve ser no dia seguinte à notícia, pois tem medo do que irá acontecer com sua vida.
 "Não me recordo de receber instruções ou até mesmo um recado dizendo que minha vida seria extremamente fácil."
Após a cerimônia simples na praia com todos os familiares e amigos, Lucy começa o primeiro mês do pré-natal de sua gestação. Com a ligação de Caio, um amigo do passado, Luciana resolve visitá-lo, acompanhada de Liza, pois ele está ciente dos problemas que a gravidez pode trazer. Felipe fica aflito com a decisão, mas a aceita visto que está preocupado com a situação da esposa.
Luciana permanece um mês na casa de seu amigo e se comunica com Felipe através de cartas, finalmente revelando suas aflições.



Página 30

Algo que tenho que enfatizar sobre esse trecho é que abscesso não está relacionado à leucemia, pelo menos pelo o que eu pesquisei não, mas me corrija se eu estiver errada. Existe sim um tipo de Leucemia que pode prejudicar a vida da criança e da mãe (leucemia mieloide aguda e leucemia leucemia linfoide aguda), mas pelo o que entendi é diagnosticada durante a gestação e não é conhecida pela mulher antes de estar grávida.

Não há especificação de quando a protagonista foi diagnosticada e de qual tipo de leucemia está em desenvolvimento, o que me deixou muito confusa. Ao longo da história, Lucy e seus familiares sabiam de algo que somente seria diagnosticado durante a gestação. Lembrando, se eu estiver errada, me corrija por favor, porque realmente não sei se o modo como a doença foi colocada na história está correta :)

Voltando para a trama, Felipe fica extremamente desesperado com a carta que recebe de Luciana com a notícia. Fica dividido entre perder seu filho pela vida de sua esposa ou perder a esposa pela vida de seu filho. Lucy decide proteger Felipe da tristeza do tratamento da doença e fica afastada de sua casa e só volta quando a gestação está em seus cinco meses.



Agora a maior dificuldade do casal é conviver com a dor inevitável que virá com qualquer decisão que tomarem.
"[...] quando a dor é grande, ela tem que sair por algum lugar, no entanto, quando a lágrima vem de um motivo fútil, cada lamentação sem um bom motivo é a perca da oportunidade de estar sorrindo." 

Primeiramente quero ressaltar que a autora é jovem e escreveu os dois primeiros capítulos quando tinha treze anos e completou sua história recentemente aos dezesseis. Ela ainda não sabe articular bem a narrativa, as vezes há uma confusão com a mudanças de cenários e de personagens durante os diálogos.

A ideia para a trama é boa, mesmo não sendo do meu feitio, mas acho que sua inexperiência a tornou um pouco desconexa. Acredito que com a prática haverá uma melhora substancial. Realmente desejo sucesso a autora, que ela aprenda com os erros, amadureça sua escrita, não desista e continue a história com o segundo livro dessa trilogia.

Ah, a capa me enganou um pouco, pois achei que era uma história com um casal que estava no máximo na época da adolescência, porém os protagonistas têm entre vinte e vinte cinco anos de idade. Ela é muito fofa não é? rs.

Aliás, dei essa nota para o livro pois gosto de manter a sinceridade com vocês leitores. Nós três escrevemos opiniões verdadeiras sempre, mesmo se o livro for de autor ou editora parceira. O compromisso que temos com o blog é superior à tudo :)

Comentário da Lu: Galera, logo que a Joy leu Por Ela, eu também li. A narrativa também tem um lado religioso que para mim não funcionou. De modo algum quero criticar qualquer religião, apenas achei que a autora quis impor algo que eu não concordo. Também ocorreu a mescla de palavras formais demais com palavras que usamos no dia a dia, deixando as frases um pouco confusas. Quero agradecer a autora por ter nos dado a oportunidade de resenhar seu livro e espero que ela amadureça cada vez mais. 


Um beijo e foca na leitura!
Facebook
Blogger

3 comentários

  1. Olá, meninas! Adoro ler resenhas verdadeiras. A capa de um livro realmente precisa estar de acordo com a história, na minha opinião. Sou muito criterioso quanto a isso. Nunca imaginaria que a capa fofa e tão doce seria sobre algo que remete a uma 'tragédia" familiar. O fato de a autora ser novinha e já ter algo publicado é um ponto pra ela porque mais resenhas como essa e ela poderá melhorar de fato.
    Parabéns pela sinceridade de vocÊs.
    Bjão.
    Diego França
    Blog Vida & Letras - www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego!
      Ficamos muito felizes com suas opinião! :D
      Resenhas verdadeiras são realmente difíceis de fazer rs
      Sim, a capa me enganou muito, fiquei um pouco chateada :/
      Desejamos o crescimento da autora com nossa resenha :)

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Joyce,
    Não conhecia o livro, mas achei essa capa uma graça e linda.
    Uma pena sobre os 'brancos' no livro, creio que a autora nessa continuação da escrita, poderia ter feito uma releitura, certeza que sua mente não é a mesma de anos atrás, e sentiria o que mudar e acrescentar.

    Sucesso para a autora.

    Estou seguindo aqui :D

    bjs e tenha uma ótima sexta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir