INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

22 de maio de 2015

Falando sobre: O Sangue do Cordeiro

||

Autor: Sam Cabot                                                                                                      Editora: Arqueiro                                                                                                           367 Páginas                                                                                                                                                                   Sinopse: “Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.”Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele.Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia.Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.Com uma narrativa que remete ao estilo de Dan Brown e ao terror sobrenatural de Anne Rice, O sangue do cordeiro é uma viagem inesquecível a um passado inimaginável.
Oi gente! Segunda resenha de parceria com a Editora Arqueiro! \o/ Estão animados? rs
"O fato de este documento ter sido escrito me diz que chegará um momento em que tudo será revelado."
Começamos a história conhecendo Mario Damiani, um poeta romano antipapista do século XIX integrante do Ressurgimento, a rebelião do povo italiano contra o poder da igreja da época. Iniciamos a trama com uma carta que Mario enviou para sua amiga jornalista Margaret Fuller. 
"Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja."
Além da carta, Mario entrega a cópia do documento para Margaret, mas aconselha que não a leia pois é um documento com assuntos perigosos e que ainda não posso ser descoberto. O objetivo dele é revelar esse documento no momento certo para mudar a sociedade e a igreja. Porém algumas circunstâncias acontecem, e Mario não consegue revelar o segredo.

"Lembre-se: como seu amigo, garanto que este documento não é fictício e que o acordo que anuncia é irrefutável e real."
Após os acontecimentos da época de Damiani, o presente da trama se passa em 2012. Padre Thomas Kelly é um historiador jesuíta especialista nos registros dos séculos XVIII e XIX, estritamente nos artefatos e documentos do Vaticano. É um padre americano de Boston que leciona em Londres há alguns anos, porém recebe um convite do cardeal Lorenzo Cossa, para participar de uma pesquisa em Roma, desistindo de seu trabalho atual para se transferir para a Itália.

Lorenzo conseguiu alcançar o cargo de bibliotecário do Vaticano e esta pesquisando sobre um documento especifico importante e que é da área em que o padre Thomas é especializado, o século XIX. Thomas aceita o convite e desloca-se para Roma.
"Foi um erro assinar esse documento e foi um erro segui-lo, mas neste momento a Igreja teria um enorme prejuízo se sua existência se tornasse conhecida. Um prejuízo muito maior do que o já causado por tê-lo obedecido."

Já no Vaticano, Lorenzo explica a Thomas que em 1431 o Papa Martinho V assinou um acordo conhecido como Concordata e desde a assinatura desse documento a igreja católica tem seguido as regras dele, que atualmente são desconhecidas. Lorenzo ouviu rumores que esse registro pode ser encontrado através dos escritos da biblioteca que ele e Thomas têm livre acesso. Entretanto, não explica ao padre Thomas com quem a igreja assinou o acordo, somente afirma que a fé de todos pode ser prejudicada se ele for à público. Mesmo confuso, padre Thomas começa sua pesquisa na biblioteca sobre os possíveis indícios desse arquivo.

Livia Pietro é uma historiadora de arte italiana que é uma noantri, ou seja, uma vampira imortal. E recebeu a missão de seus superiores, a conclave, para encontrar a Concordata. Ela deve encontrar esse documento pois seus povo está sendo ameaçado com a possibilidade de revelação do acordo. Todos os noantris têm ideia do que esta  escrito na Concordata, mas poucos realmente o leram.
"Faça o que lhe foi ordenado, antes que seis séculos de paz sejam destruídos. As labaredas voltarão. Seremos caçados por medo e fúria, expulsos, e iremos todos morrer. Você não conheceu esses tempos. Eu conheci. Nós conhecemos."
Assim, Thomas Kelly e Livia Pietro se encontram por coincidência na biblioteca do Vaticano para encontrar documentos de Mario Damiani que é a única pista do paradeiro da Concordata, pois o furtou e o escondeu em algum lugar e agora ambos, que são extremos opostos, vão se unir e decifrar juntos os enigmas do poeta.

Obviamente, eles vão ter vários empecilhos para continuar essa missão, pois os rumores desse documento aflorou os sentimentos daqueles que querem revelá-lo ou mantê-lo escondido. Irão ter várias pessoas para atrapalhá-los, noantris que tem o interesse na Concordata vão persegui-los e chamarão a atenção de policiais que querem entender as inúmeras invasões às igrejas e os tumultos que ocorrem. 


Gostei da evolução dos personagens, só achei o desfecho muito vago. Provavelmente os autores queriam terminar com uma grande revelação, mas não me surpreendeu o suficiente. Além do fato de ter algumas questões sobre personagens secundários (que não vou citar nomes), que ficaram em aberto. Ah, lembrando que o autor Sam Cabot na verdade é o pseudônimo dos autores Carlos Dews e S. J. Rozan.

A história me prendeu até, dei quatro estrelas porque adorei a relação de amizade entre os protagonistas e a evolução do padre Thomas Kelly durante a trama. Livia e Thomas são muito inteligentes; são historiadores que conhecem tudo sobre a Itália; ambos falam várias línguas diferentes, inclusive antigas. E quando ambos entram em uma igreja ou em algum outro local de reconhecimento histórico, decifram rapidamente enigmas, ou somente ela entende os poemas de Damiani e explica à ele ou vice-versa. Cada um tem uma especialidade e juntos se completam para desvendar esse mistério.
"Trabalhar junto com Livia para solucionar aquele enigma era estranhamente empolgante, pensou Thomas. A colaboração entre os dois, um raciocinando a partir do que o outro tinha, dito, corrigindo, sugerindo, acrescentando." 
Há uma confusão de vários personagens em inúmeros locais diferentes e no inicio eu fiquei confusa com os nomes. Além da narrativa ser em 3ª pessoa com narrador onisciente, que de capítulo em capítulo troca de personagem. rs



No começo do livro há um mapa de Roma na região de Trastevere, tem todos os lugares por onde os protagonistas passam para o leitor se situar no local. Eu particularmente não utilizei, porque não vi necessidade, mas para quem gosta, é muito legal. :)


Há uma descrição um pouco detalhada das estátuas, arquitetura das igrejas, pinturas etc. Eu não senti a necessidade de pesquisar imagens dos monumentos ou edifícios sitados, mas talvez alguns de vocês vão se sentir estimulados à procurar imagens para entrar mais na trama.

Imagino que os leitores de Dan Brown irão se interessar um pouco pela trama. Ainda não tive oportunidade de ler um livro dele, mas estão na minha lista há anos. rs

Espero que tenham gostado da resenha, se já leu ou ficou interessado na história, comente pois quero saber as opiniões de vocês! :)

E lembrem-se: foca na leitura!
Facebook
Blogger

3 comentários

  1. Não conhecia esse livro, mas achei ele interessante. Sou fã da Editora Arqueiro amo os livros deles, mas esse não me atraiu tanto assim, porém se acontece da gente se esbarrar por ai... eu compro. Rs http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Ah eu até gostei dele, se você esbarrar nele em uma livraria, compre sim! kkk
      Beijos!

      Excluir
  2. Adoro livros desse gênero mas quando li a sinopse e algumas resenhas achei que ele se parece um pouco com O Evangelho de Sangue de James Rollins, que li faz pouco tempo então vou esperar mas um pouquinho pra ler esse aí...
    bjus
    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/
    Página Facebook

    ResponderExcluir